Equipa Externa

Além da equipa de actores e técnicos residentes,  contamos também com o auxilio de pessoas que colaboram connosco em tarefas específicas da sua área profissional ou do seu interesse pessoal.

O seu trabalho ou o seu contributo são uma mais valia e aumentam significativamente a qualidade final dos trabalhos que levamos a cena.

Fique a conhecer os elementos da nossa equipa externa e de que forma os mesmos nos auxiliam.



Fernando João Domingos
Pianista de profissão, cedeu-nos gentilmente o seu tempo de ensaio e talento ao participar na peça de teatro A Morte Chega Cedo. Neste projecto interpreta-se um pianista de renome que é amigo próximo do engenheiro, que tragicamente morre na festa onde Fernando João pode tocar ao vivo a música “La valse d’Amelie” de Yann Tiersen.
No elógio fúnebre do Engenheiro Luis Silva é tocada, também ao vivo, a extraordinária música “The heart asks pleasure first” de Michael Nyman, constituindo um momentos mais altos e de grande destaque deste projecto.

Gonçalo Martins
Além de representar também dança e é o nosso coreógrafo residente. Desde 2015 que ingressa no grupo de dança que abrilhanta as revistas do Teatro Maria Vitória no Parque Mayer.
Não obstante o seu trabalho profissional, e independentemente da sua limitação em termos de horário, temos sempre contado com a sua presença nos últimos projectos que fizemos desde a sua contratação e contamos com o seu trabalho em tarefas técnicas que vão além da representação, sendo alguém muito válido na nossa equipa.

Pedro Alfaiate
Aderecista de profissão, tem a gentileza de nos providenciar formação e materiais para a criação de adereços de palco. O seu conhecimento foi fundamental numa primeira fase de produção dos nossos projectos, pelo ponto de vista técnico e prático que nos auxiliou a ver determinados detalhes de forma muito mais prática e analítica.

Maria Helena Dinis
Costureira de profissão, é no seu pequeno e tão familiar atelier que surgem muitos dos emblemáticos figurinos que constituem o guarda roupa das nossas peças. Trabalha com a Sociedade União Sintrense desde 1999 e já ganhámos primeiros prémios e prémios honorários em concursos que participámos com figurinos produzidos no seu atelier.
O seu trabalho pode ver visto em todos os projectos que levámos a cena trabalhando em estreita relação com o figurinista de maneira a que as roupas fiquem tal e qual como foram idealizadas. Algumas são produzidas de raiz, outras arranjadas e outras ainda adaptadas por completo. Não há limites para a arte e a magia que as mãos da nossa melhor colaboradora podem fazer e é sem dúvida uma das mais esforçadas e empenhadas pessoas com quem trabalhamos.

Hugo Saraiva
Homem de muitas profissões é sempre prestável e profissional na sua colaboração com este grupo. Professor, técnico de informática, locutor de rádio e acima de tudo uma pessoa muito talentosa.
Providenciou-nos formação básica para edição digital de banda sonora e sonoplastia de palco, tendo também desempenhado essa função numa primeira fase de produção dos nossos projectos.
É ele a voz reconfortante que está nas gravações a dar as indicações de sala e recomendações aos nossos espectadores, e é o responsável pela gravação e edição da voz dos nossos actores em cenas em que os mesmos precisem de voz off.

Marta Viola
Embora não seja essa a sua profissão, o seu talento como fotografa e a proximidade com o nosso grupo permitem-lhe captar muitas das imagens que podem inclusive ver neste site, nos separadores das respectivas peças.
Acompanha-nos há alguns anos e tem conseguido captar imagens, não só dos espectáculos, como também dos ensaios e bastidores.
Por simples que possa parecer, é um trabalho complicado e para o qual muito necessitamos ter uma pessoa com essa função, dado que actores e elementos técnicos já acumulam várias tarefas e por vezes torna-se difícil ter maneira para conseguir concretizar devidamente todas elas.
Al+em disso, presta-nos também apoio noutras áreas que sejam necessárias estando sempre disponivel para o nosso grupo.

Lila Sequeira
Muitas das nossas perucas de cabelo natural ou artificial, sendo este último muito mais complicado de trabalhar, passam pelas mãos desta talentosa cabeleireira, são estilizadas no seu salão de cabeleireiro, que tem tanto de pequeno como de pessoas incrivelmente talentosas e engenhosas face às dificuldades com que se deparam e à forma como lidam com elas.
Além disso são-nos providenciados materiais e conselhos técnicos para que a estilização possa ser facilmente mantida por nós durante o tempo de espectáculos.

Tiago Barrela
Este elemento participou activamente no grupo desde 2013 até 2015, tendo dado formação na área técnica bem como feito desenho e operação de luz. Embora neste momento não se encontre a colaborar de forma permanente no grupo, tem mantido contacto e tem constituído uma mais valia com o seu auxilio pontual e melhoramentos efectuados.

Gil Matias
um dos principais homens do teatro de Sintra, e um dos mais relevantes e sólidos encenadores que a colectividade já teve o prazer de receber em formações teatrais que antecederam o teatro união.
Ainda hoje é um dos nossos maiores e melhores conselheiros, sempre com uma palavra amiga, sempre com uma palavra de encorajamento e sempre aquela pessoa que nos diz para seguir em frente ou tomar uma determinada posição quando dela estamos incertos.
É uma das pessoas com mais experiência e talento com quem se pode trabalhar e um dos grandes mentores do nosso grupo. É para nós um grande prazer e uma grande honra poder contar com opiniões tão sábias.

Anúncios
%d bloggers like this: